DISPUTADA POR GRAVADORAS? ENTENDA O CONTRATO DE SHAKIRA COM A LIVE NATION

Rumores que começaram a circular na internet nesta segunda-feira afirmam que diversas gravadoras estão na fila para ver que assina um novo contrato com Shakira. O motivo dos tais rumores é o fato de o contrato dela com a Epic Records, afiliada da Sony Music, estar prestes a acabar: sua última obrigação contratual é uma nova coletânea, na qual ela já trabalha. Uma fonte até mesmo teria afirmado que a cantora só tomaria providências sobre o assunto no próximo ano:

“Embora tenha havido muito interesse das grandes gravadoras, é muito cedo  para começar as discussões formais. Shakira e sua equipe vão se sentar para discutir as opções no começo do ano. O contrato com a Live Nation continua”.

O que todos parecem ignorar, porém, é que Shakira já tem uma nova gravadora. Em julho de 2008 ela assinou um contrato de dez anos com a Live Nation. Pelo acordo, estima-se que Shakira tenha recebido algo entre 70 e 100 milhões de dólares.
Anteriormente apenas uma produtora de turnês (antes da assinatura do acordo, a empresa já havia gerenciado a Oral Fixation Tour e a Tour of  The Mongoose, e no momento produz a Sale El Sol Tour), a Live Nation teve Shakira – juntamente de Madonna e u2 – como artistas fundadores de sua nova divisão, a Live Nation Artists, que cuidará também dos lançamentos de seus artistas.  A idéia da empresa é reunir em apenas um local todas as principais atividades de seus contratados. O contrato assinado por Shakira incumbe a Live Nation não apenas da gerenciar suas turnês e suas respectivas logísticas, mas também de cuidar do patrocínio para os espetáculos e da divulgação e produção dos próximos lançamentos da colombiana.
A estratégia faz parte de um plano inovador da empresa, que, apesar de cuidar dos novos álbum, não reclama direito por eles. Todas as canções já gravadas por Shakira até hoje, mesmo as não lançadas, estão registradas no Sony/ ATV Music Publishing, o segundo maior catálogo de músicas do mundo e que pertence à Sony Music. A Sony, por sua vez, repassa à cantora uma porcentagem dos lucros obtidos com a venda deste material. Com a Live Nation, a história é diferente: o material gravado e lançado por Shakira enquanto seu contrato vigorar deverá ser registrado pela própria cantora, que pode escolher um catálogo já existente (como o Sony/ATV Publishing) ou até mesmo criar uma própria empresa para cuidar de suas composições, como é o caso de Madonna, que criou a Webo Girl Publishing.
A confusão com a escolha de uma nova gravadora pode vir do fato de, embora cuide da produção de novo álbuns, a Live Nation não se resposabilizar pela distribuição do novo material e contrata uma gravadora para esta função. Assim, o CD +DVD / Blu-ray de Madonna, ‘Sticky & Sweet Tour’, primeiro lançado pela artista sob a tutela da Live Nation, foi distribuído pela Warner, enquanto o disco ‘No Line on the Horizon’, do U2, foi distribuído pela Universal Music. Perceba, porém, que neste caso, o vínculo acontece entre a gravadora e a Live Nation, sem que o artistas nada tenha a ver com isto. No último mês, a Live Nation e o Universal Music Group assinaram um acordo, o que significa que as próximas publicações da Live serão distribuídas pela Universal.