Ex Empregados Negam Ter Chantageado a Shakira

Nos últimos dias muitos tabloides têm comentado a demissão de Dividier Hernández e Maritza de Ávila, ex empregados de Shakira, que prestaram serviços para a cantora por mais de 11 anos.

De acordo com o eles, Shakira, que além de ex patroa é madrinha da filha do casal, os dispensou após Dividier ter se negado a preparar uma refeição para a cantora. Após diversas notas divulgadas pela imprensa sensacionalista, o casal fez declarações públicas sobre o assunto acompanhados do advogado Abelardo de la Espriella, conhecido como “Advogado dos Escândalos”

“Tudo começou porque eu estava trabalhando com ela a meia noite e meia da manhã, e ela queria que eu fizesse um jantar, mas eu já havia preparado um sanduíche com refrigerante e ela queria uma refeição melhor. Então, eu disse: Shaki, são duas e meia da madrugada, portanto vou embora – e ela disse que pessoas assim não a serviam. Que a pessoa que estivesse com ela teria trabalhar com ela até a hora que ela quisesse. Portanto não existe nenhum tipo de chantagem, estou apenas exigindo meus direitos.”

Após contar sua versão dos fatos, Dividier disse não estar chantageando a cantora.

“Não há vídeos, não há fotos. Apenas estamos exigindo nossos direitos”

Uma coisa é fato, esta história controvérsia está cheia de informações que a cada dia mais se desencontram do que o casal havia informado no começo, e diversos meios também informaram que toda esta história não passa de uma tentativa do advogado do casal de se promover e extorquir dinheiro da cantora, que sempre fez questão de se manter afastada dos escândalos e cuja equipe de assessoria de imprensa ainda não se pronunciou sobre o assunto que deve ser mantido em sigilo.

Confira a entrevista coletiva concedida por Dividier e Maritza hoje:

Créditos: Shakira Argentina