Após Receber Ameaças de Morte, Político que Quer Bloquear Novo Clipe da Shakira Começa a Mudar de Opinião

image

O político colombiano Marco Fidel Ramirez criou uma petição pedindo o bloqueio e a exclusão do novo clipe de Shakira em parceria com Rihanna do YouTube (saiba mais aqui) . Alegando que a cantora faz apologia ao homossexualismo, drogas, decadência moral, além de dizer que ela incentiva o roubo e a matança isso tudo no clipe de Can’t Remember To Forget You que já foi visto mais de 80 milhões de vezes no mundo inteiro.

Após todas as acusações e ataques que fez contra a moralidade de Shakira, Fidel agora mostra que começou a mudar um pouco de opinião após dizer que está sendo ameaçado de morte, confira o que ele andou dizendo recentemente no Twitter:

Por dizer que o vídeo de @shakira é “incoveniente” me chovem ameaças, calúnias, insultos, advertências, ataques, provocações, tomates o que mais?

@shakira é uma mulher absolutamente extraordinária, eu resaltei assim hoje na @CNN en Espanhol. Minha crítica é por seu vídeo “incoveniente”.

Até que sua opinião mudou bastante em relação a tudo que ele andou falando de Shakira. Ainda no Twitter ele usa a hashtag #PerigoVideoShakira para hostilizar o clipe e uma imagem que nem vale a pena mostrarmos aqui.

Fidel que se apresenta no Twitter como “vereador da família” também não é nenhum santo e diversos meios de comunicação da Colômbia já o acusaram de ser homofóbico, fanático religioso e viciado em pornografia.

Se você quiser mandar algum recado ou expor sua opinião diretamente ao político,  sua conta no Twitter é @7MarcoFidelR. Mas antes conte aqui nos comentários o que você acha desta história toda!