Shakira Fala Sobre Alimentação e Confessa que Abandonou a Academia em Entrevista

sa
Chega este mês às bancas dos Estados Unidos a edição de abril da revista Women’s Health, que tem Shakira na capa. Além de uma entrevista, a publicação traz ainda um ensaio fotográfico exclusivo, e é no making of da sessão de fotos que temos acesso a alguns trechos do bate papo de Shakira com a revista. Durante a conversa, ela fala sobre sua carreira, família e, especialmente, sobre seu corpo :

“Tento comer de forma saudável e tento me exercitar não apenas indo à academia, porque às vezes eu fico muito cansada de esteira e outras coisas que toda mulher odeia, então recentemente decidi apenas praticar esportes, porque são muito divertidos e atendem ao mesmo propósito. Eu jogo basquete, tênis, todo os dias algo diferente. Isso parece ter me levado de volta à minha forma”.

Ela ainda falou sobre seus hábitos alimentares:

“Adoro frutas. Todos os dias da minha vida tenho que comer um pedaço de fruta. Ou dois, ou três ou quatro [risos]”. Mas ela confessa que tem seus pontos fracos: “Prazeres que me fazem sentir culpada? Tenho alguns. Chocolate, qualquer tipo de doce, filmes ruins…”

Porém, Shakira afirma que, para ela, ser sensual tem muito mais a ver com a cabeça do que com o corpo:

” ‘Irresistivelmente sensual’. Não me vejo dessa maneira de jeito nenhum! Mas sei que algumas pessoas veem [risos]. Acho que é um estado de espírito. Se você está em paz e feliz com quem você é, acho que você projeta isso, e isso é sensual. Acho que não há nada mais sensual do que um sorriso genuíno, do que ser você mesma sem tentar muito, e estou muito feliz onde estou nesse momento.”

Ela ainda fala sobre o que considera essencial para o sucesso de uma relação:

“Para manter a paixão num relacionamento são necessárias muitas risadas, momentos divertidos, mas também afinidade. Ambos têm que querer que o relacionamento sobreviva e dê certo”

E sobre suas identidade artística e o papel de seu corpo no seu trabalho:

“Fui influenciada por tantos fatores diferentes. Nasci e fui criada em Colômbia, no Caribe, então fui muito influenciada pela música caribenha, mas também por minha descendência libanesa e minhas viagens ao redor do mundo. Ser exposta a tantas culturas diferentes meio que formaram a musicista que sou hoje”.

Ela ainda completa falando sobre o papel de seu corpo na hora de criar:

“Quando meu corpo reage fisicamente a uma música, sei que ela esta pronta”

Confira o vídeo:

Confira as imagens do Making Of em nossa galeria: