#ShakiraIsBack: Relembre todos os ‘lead singles’ da carreira de Shakira

Estamos prestes a ouvir o novo single da Shakira, dois anos após o lançamento do seu último álbum auto-intitulado. Embora durante estes mais de 24 meses ouvimos a diva colombiana em algumas colaborações como ‘Mi Verdad’, com a banda mexicana Maná (2015), ‘La Bicicleta’, com seu compatriota Carlos Vives (2016), e faz apenas algumas horas em ‘Comme Moi’, com o rapper francês Black M, estamos realmente ansiosos para saber o que a rainha latina vai trazer em seu “comeback”.

E por esta razão o ShakiraBrasil.com decidiu fazer uma revisão dos primeiros singles da Shakira, que certamente têm sido sempre surpreendentes, não só pra os fãs, mas também pra a indústria da música, criando tendências no pop latino.

‘Estoy Aquí’ (1995) – Latin pop

Embora o primeiro single do álbum estréia da Shakira tenha sido ‘Dónde Estás Corazón?’, esta canção só foi lançada na Colômbia, então o primeiro single internacional da barranquillera foi ‘Estoy Aquí’, composta pela Shakira com seu inseparável amigo Luis Fernando Ochoa.

A faixa do álbum ‘Pies Descalzos‘, pertence ao gênero de música Latin Pop e discute sobre como corrigir um relacionamento fracassado. Foram lançadas várias versões da canção, incluindo vários remixes e uma versão em Português, intitulada ‘Estou Aqui’, que foi incluído na edição brasileira de ‘Pies Descalzos’ e no primeiro álbum de remixes da Shakira, ‘The Remixes‘ lançado em 1997.

Após o seu lançamento, ‘Estoy Aquí’ alcançou o #1 e o #2 no Billboard Latin Pop Songs e no Top Latin Songs, respectivamente.

‘Ciega, sordomuda’ (1998) – Mariachi, Latin pop

Depois do sucesso de seu primeiro álbum, Shakira sabia que tinha de manter o público que conquistou e por isso em seu retorno com ‘Dónde Están los Ladrones?‘ ela decidiu continuar apostando nos mesmos ritmos de seu álbum anterior, embora timidamente se arriscou em outros estilos.

Este foi o caso de ‘Ciega, Sordomoda’, onde a barranquillera decidiu incluir na melodia certos sons da música tradicional mexicana. A composição da Shakira com o Emilio Estefan expressa a sensação da falta de jeito quando a pessoa que você ama está perto de você, mas ignora os avisos, porque ela é completamente cega.

Entre as suas realizações, o single chegou ao #1 na Billboard Hot Latin Tracks por quatro semanas consecutivas em 98. Foi um enorme sucesso em todos os países da América Latina, atingindo, pelo menos, o Top Ten em cada país deste subcontinente. É uma das canções de maior sucesso da Shakira ao longo de sua carreira e a segunda mais bem sucedida do álbum atrás apenas de ‘Ojos Así’.

‘Whenever, Wherever / Suerte’ (2001) – Latin pop, World music

Depois de estabelecer-se como a artista latina mais importante, a próxima meta na carreira da Shakira foi conquistar o mercado Anglo. Por esta razão, a colombiana lançou um single duplo -um em espanhol para a América Latina e um em Inglês para o mercado internacional- pela primeira vez em sua carreira.

O primeiro single do álbum ‘Laundry Service‘ foi composto por Shakira, Tim Mitchell e Gloria Estefan e liricamente fala da sorte que tem Shakira de ter encontrado seu namorado. Nesta ocasião, a artista queria ir um passo mais longe e ela combinou o pop com influências da música do mundo, dance, pop adulto contemporâneo e latin pop.

Após seu lançamento, ‘Whenever, Wherever’ foi elogiada por críticos de música contemporânea, que destacaram a canção como uma parte fundamental do álbum e como sua carta da presentação para o mercado internacional. Por outro lado, teve um sucesso comercial retumbante, tornando-se uma das canções mais importantes da Shakira no mundo. Nos Estados Unidos, ela conseguiu alcançar #6 na Billboard Hot 100, além de alcançar o primeiro lugar nas listas do mercado latino com a versão em espanhol. ‘Suerte’ também liderou as paradas em vinte países, incluindo Colômbia e parte da América Latina, Europa e Oceania. Enquanto isso tem chegado a vender mais de 10 milhões de cópias em todo o mundo, sendo considerada como uma canção emblema da artista e é um dos singles mais vendidos na história.

‘La Tortura’ (2005) – Latin pop, Reggaeton

Depois do enorme sucesso que alcançou com o álbum ‘Laundry Service‘, Shakira decidiu fazer uma longa pausa antes de retomar o seu lado musical. Em abril de 2005 ele decidiu voltar em grande estilo, se reinventando mais uma vez e lançando em parceria com o cantor espanhol Alejandro Sanz o single ‘La Tortura’.

A faixa conta a história de uma mulher que foi emocionalmente “torturada” por seu namorado infiel e volta a pedir perdão. Pertence ao pop latino com influências de pop dance e reggaeton, de fato Shakira foi uma visionária, se considerarmos que foi uma das primeiras artistas pop a se aventurar no gênero urbano que dez anos depois se tornou uma febre entre os artistas latinos.

Após o seu lançamento, a canção recebeu críticas positivas por críticos da música, que concordaram que a canção é parte importante do ‘Fijación Oral Vol. 1‘. ‘La Tortura’ também ganhou uma excelente recepção comercial, conseguindo chegar ao topo da Hot Latin Songs, Latin Pop Songs e Tropical Songs nos Estados Unidos. No resto do mundo, a canção chegou ao topo das paradas na Venezuela, Espanha e Hungria. ‘La Tortura’ recebeu vários prêmios e indicações, entre os mais proeminentes são aos Latin Grammy Awards 2006, onde recebeu o prêmio de Gravação do Ano e Canção do Ano.

La Tortura’ é um dos singles mais vendidos do mundo, com vendas de aproximadamente 12 milhões de cópias em todo o mundo (ate 2014), é também considerada a canção inteiramente em espanhol mais vendida e tocada nas rádios do mundo.

‘Don’t Bother’ (2006) – Pop rock

Oral Fixation Vol. 2‘ foi a marca o retorno da colombiana ao cenário musical anglo. O single de apresentação desta versão em inglês foi ‘Don’t Bother’, uma canção com influências rock na que Shakira garante ao seu ex-amante que ela não precisa de sua simpatia e pode seguir em frente sem ele.

Após o seu lançamento, ‘Don’t Bother’ recebeu críticas mistas dos críticos de música, que elogiaram os vocais de Shakira, mas sentiram que a letra da canção era estranha.

Comercialmente, a música se saiu bem nas paradas de dance music, entrando no Top 10 em países como Áustria, Alemanha, Itália, Suíça e Reino Unido. Nos Estados Unidos, a canção chegou ao #42 na Billboard Hot 100 e ao #25 na Billboard Mainstream Top 40. Mais tarde a faixa foi certificada ouro pela Recording Industry Association of America (RIAA) por seus mais de 500.000 downloads digitais.

‘She Wolf / Loba’ (2009) – Hi-NRG, Electropop

Depois do enorme sucesso das “Fixações” que mantiveram Shakira como a estrela global que conhecemos hoje, a diva colombiana decidiu que era hora de descansar de novo e ter tempo para voltar mais forte. Em 2009 ele apresentou a sua nova proposta –a mais arriscada ate o momento- ‘Loba’, claramente procurando a aprovação do mercado europeu e o norte-americano.

A composição da colombiana com Jorge Drexler é uma canção disco, Hi-NRG e inspiração Synthpop, e detalha o tédio da Shakira, devido à indiferença do seu namorado e sua necessidade de flertar com outros.

Após o seu lançamento, ‘She Wolf’ foi recebida com uma recepção favorável dos críticos de música, muitos dos quais a elogiaram por ser diferente das outras músicas do momento. Comercialmente, ‘She Wolf’ teve um bom desempenho nas paradas de vendas, chegando ao Top 10 de países como Canadá, Alemanha, Itália, Espanha e Reino Unido. Nos Estados Unidos alcançou o #11 na Billboard Hot 100 e o #1 na Dance/Club Play Songs. A versão em espanhol, ‘Loba’, alcançou o #1 na Hot Latin Songs e na Tropical Songs.

‘Loca’ (2010) – Merengue, Latin pop

Após críticas ao seu trabalho anterior pelo mercado latino-americano, Shakira decidiu agradar seus fãs latinos lançando um novo álbum em espanhol e completo de ritmos de toda a América Latina.

A carta de apresentação do ‘Sale el Sol‘ foi ‘Loca’ -que em sua versão em espanhol contou com a parceria dominicano El Cata e na sua versão em Inglês do britânico Dizzee Rascal– uma música merengue-pop que descreve liricamente o capricho excêntrico da Shakira com um homem.

Após o lançamento, ‘Loca’ recebeu críticas favoráveis, que saudaram a inclusão da música merengue na canção. A versão em inglês se tornou um sucesso comercial em todo o mundo e atingiu o Top 5 nas paradas de países como a Áustria, Bélgica, França, Hungria e Itália. A versão em espanhol atingiu o topo das paradas em Espanha e na Suíça, e se tornou um sucesso nas paradas latinas dos Estados Unidos, a Billboard Hot Latin, Latin Pop Songs e Tropical Songs. ‘Loca’ recebeu certificações em vários países ao redor do mundo, incluindo a certificação de diamante na Colômbia e certificações multi-platina na Itália, México e Espanha.

‘Can’t Remember to Forget You / Nunca Me Acuerdo de Olvidarte’ – Reggae rock, New wave

Após o sucesso mundial do álbum anterior, que teve a Shakira em turnê ao redor do mundo por dois anos, a artista decidiu fazer uma pausa para voltar a se reinventar e trazer uma nova proposta musical que só chegou em Janeiro de 2014.

Com o intuito de mais uma vez conquistar o mercado anglo, Shakira recrutou a superstar de Barbados, Rihanna, para a música ‘Can’t Remember to Forget You’, um single que funde reggae, rock e pop new wave. Liricamente a música gira em torno de esquecer alguém que é ruim, embora você o ame. A versão em espanhol foi intitulada ‘Nunca Me Acuerdo de Olvidarte’ e tem apenas os vocais da artista colombiana.

Após o seu lançamento, ‘Can’t Remember to Forget You’ foi recebido com críticas mistas dos críticos. Enquanto os críticos elogiaram as influências de ska, eles sentiram que a música em geral, não foi memorável. Outros críticos notaram semelhanças entre a parceria das duas divas e a música de Police e Bruno Mars.

Comercialmente, o single teve um bom desempenho alcançando o # 11 no Reino Unido e o Top 10 na Espanha, França, Alemanha e Suíça. Nos Estados Unidos a canção estreou #28 na Billboard Hot 100, tornando-se a maior estréia da Shakira no país, atingindo o seu pico na posição # 15. Na América Latina, chegou ao Top 10 em muitos países. A canção foi #1 na Grécia, Croácia, Polônia, Líbano e México, e também atingiu o #1 no Dance Club Songs da Billboard. A versão em espanhol da canção acabou sendo #1 na Venezuela.

Após esta grande revisão de todos os primeiros singles da Shakira, como você espera que seja sua carta de apresentação após mais de dois anos de silêncio? Contando que a faixa terá a parceria do artista colombiano Maluma, podemos supor que ‘Chantaje’ deverá incluir sons do gênero urbano e reggaeton.

Enquanto estamos contando as horas, você pode ir escutando o remix de ‘La Bicicleta’ com Shakira, Carlos Vives e Maluma: