Confira a letra e a tradução de “Deja Vu”, nova música de Prince Royce e Shakira

Já estamos em clima de lançamento de música nova e aproveitando a ocasião, trazemos para você um esquenta para “Deja Vu“, novo single de Prince Royce e Shakira. Confira com exclusividade a letra e a tradução da música que vai ser lançada oficialmente amanhã (20) e faz parte do álbum Five do cantor.

Deja Vu

Ay ay ay ay ay ay
Ay ay ay ay ay ay

Tú me abriste las heridas que ya daba por curadas com limón, tequila y sal
Una historia repetida, solamente um deja vu que nunca llega a su final
Mejor me quedo sólo y olvido de tus cosas, de tus ojos
Mejor esquivo el polvo, no quiero caer de nuevo en ese fondo
De locura y hipocrésia tota-a-a-al

¿Quién puede hablar de amor y defenderlo? ¡Que levante la mano por favor!
¿Quién puede hablar del dolor y pagar la fianza? ¡Para que salga de mi corazón!
Si alguien va a hablar del amor, te aseguro, esa no voy a ser yo, ese no voy a ser yo

Ay ay ay ay ay ay
Ay ay ay ay ay ay

Esta idea recurrente quiere jugar com mi miente pa’volverme a engatuzar
Una historia repetida, solamente um Deja Vu que nunca llega a su final
Mejor me quedo sólo y olvido de tus cosas, de tus ojos
Mejor esquivo el polvo, no quiero caer de nuevo en ese fondo
De locura y hipocrésia tota-a-a-al

¿Quién puede hablar de amor y defenderlo? ¡Que levante la mano por favor!
¿Quién puede hablar del dolor y pagar la fianza? ¡Para que salga de mi corazón!
Si alguien va a hablar del amor, te aseguro, esa no voy a ser yo, ese no voy a ser yo

¿Quién puede hablar de amor y DEFENDERLOOOO? ¡Que levante la mano por favor!
¿Quién puede hablar del dolor y pagar la fianza? ¡Para que salga de mi corazón!
Si alguien va a hablar del amor, te aseguro, esa no voy a ser yo, ese no voy a ser yo

Deja Vu (tradução)

Você me abriu as feridas que já se davam por curadas com limão, tequila e sal.
Uma história repetida, somente um deja vu que nunca chega ao seu final.
Melhor ficar sozinho e esquecer de suas coisas, de seus olhos.
Melhor esquivar a poeira, não quero cair de novo nesse fundo de loucura e hipocrisia tota-a-a-al.

Quem pode falar de amor e defendê-lo? Que evante a mão por favor!
Quem pode falar da dor e pagar a fiança? Para que saia de meu coração!
Se alguém vai falar de amor, eu te asseguro, esse não serei eu, esse não serei eu.

Essa ideia recorrente quer brincar com minha mente para voltar a ludibriar.
Uma história repetida, somente um deja vu que nunca chega ao seu final.
Melhor ficar sozinho e esquecer de suas coisas, de seus olhos.
Melhor esquivar a poeira, não quero cair de novo nesse fundo de loucura e hipocrisia tota-a-a-al.

Quem pode falar de amor e defendê-lo? Que evante a mão por favor!
Quem pode falar da dor e pagar a fiança? Para que saia de meu coração!
Se alguém vai falar de amor, eu te asseguro, esse não serei eu, esse não serei eu.

Quem pode falar de amor e DEFENDÊ-LOOOOOOOOO? Que levante a mão por favor!
Quem pode falar da dor e pagar a fiança? Para que saia de meu coração!
Se alguém vai falar de amor, eu te asseguro, esse não serei eu, esse não serei eu.