Perfumes de Shakira garantem mais de R$ 85 milhões em lucros à cantora

Shakira Brasil obteve acesso a detalhes do acordo entre cantora e a gigante espanhola da perfumaria, Puig. Contrato estipulou parceria de 10 anos, com ganhos mínimos garantidos de 2 milhões de euros anuais à colombiana

Da Redação – Shakira é uma daquelas estrelas globais da música cujo talento e labor criativo ultrapassaram as fronteiras do mercado fonográfico. Filantropa, compositora, musicista e empresária, a colombiana tem diversificado sua área de atuação nos seus mais de 20 anos de carreira. Sua imagem vale milhões e pode agregar valor a diversas marcas que se associem a ela. Mas, muito além de contratos publicitários, Shakira firmou parcerias com companhias comerciais que se transformaram em modelos de negócios altamente lucrativos. Uma delas é a gigante espanhola do mercado de fragrâncias, a Puig.

Em 2008, a colombiana assinou um contrato multimilionário com a empresa para o lançamento de uma série de perfumes licenciados sob o selo Shakira. O SBR teve acesso a detalhes do negócio, através de informações obtidas em documentos do processo BC505814 de 2013 na Corte da Califórnia, que envolve a cantora. Nossa equipe cruzou um conjunto de dados para checar a veracidade das informações, como o acesso a Câmara de Comércio da Holanda (The Kamer van Koophandel – KVK) e documentos do Consórcio Internacional de Jornalistas Investigativos (ICIJ, da sigla em inglês). O resultado é traduzido nesta terceira e penúltima matéria da série de reportagens #Bastidores, que lança luz sobre aspectos nunca revelados da carreira de Shakira.

Um Contrato de Longa Duração 
Era uma terça-feira, dia 19 de fevereiro de 2008. A Puig anunciava de sua sede, em Barcelona, uma parceria com a cantora Shakira para a criação de uma linha de perfumes e produtos de beleza, aumentando o portfólio da companhia, que já contava com marcas como Antonio Banderas, Carolina Herrera e Paco Rabane. O acordo vinha sendo costurado com a equipe da artista desde 2007 e no início do ano seguinte foi finalmente assinado, após ambas as partes definirem seus termos. Segundo uma fonte envolvida na negociação, e que consta nos autos do processo BC505314, o contrato assinado culminou na criação de uma joint venture. De acordo com o Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (IPEA), uma joint venture é a “associação de sociedades, sem caráter definitivo, para a realização de determinado empreendimento comercial, dividindo as suas obrigações, lucros e responsabilidades”.

Assim, a Shakira Beauty foi resultado da parceria entre a Antonio Puig S.A. e a GenEurope Holding BV, esta última representando a cantora. A GenEuropa é uma empresa, criada em 2008, na Holanda, para gerir os ganhos da colombiana com a parceria e seus direitos de marca. Uma consulta na Câmara de Comércio da Holanda revela que Shakira é a unica acionista da holding, com sede em Amsterdã. O registro foi feito na categoria de atividades 3 do país, que permite distinguir perfumes e cosméticos, entre outros. O contrato foi fixado com duração de 10 anos, podendo ser prorrogado por mais 10, com a possibilidade de Shakira vender sua marca para a Puig findado o primeiro prazo. Como o primeiro frasco entrou no mercado apenas em 2010, o contrato inicial tem validade ate 2020.

2 Milhões de euros por ano
Segundo dados da negociação, a colombiana tem direito a 50% do valor de cada frasco vendido em royalties, assumindo a responsabilidade de realizar ampla divulgação dos produtos associados a seu nome. Já a empresa espanhola se comprometeu a realizar investimentos substanciais para a fabricação dos mesmos.

O acordo assegura a Shakira ganhos mínimos de 2 milhões de euros por ano, até o fim do contrato. Isso significa que a colombiana tem garantidos pelo menos 20 milhões de euros com sua marca de perfumaria nos 10 anos de vigência. As cifras equivalem a mais de R$ 85,5 milhões, levando em conta a taxa de câmbio do Banco Central brasileiro de ontem (23). Se aplicado na Poupança da Caixa Econômica Federal, banco brasileiro, esse valor pode render cerca R$ 650 mil por mês. Com os mais de 85 milhões de reais, Shakira poderia comprar no Brasil 130 carros esportivos de luxo ou adquirir 56 casas de até R$ 1,5 milhão.

Para confirmamos a autenticidade dos números, que constam no processo que deu origem a esta matéria, recorremos a um imenso banco de dados mantido pelo grupo de jornalistas investigativos ICIJ. Os documentos apontam para uma operação de transferência de valores da GenEurope para a Tournesol Limited, empresa da cantora com sede em Malta, e confirmam “a cobrança de 2 milhões de euros anuais do grupo Puig por ser rosto e marca de um dos seus perfumes”.

Captura de tela do banco de dados da ICIJ que revela movimentações financeiras de Shakira.

A parceria
“Minhas fragrâncias são outras formas de expressar quem eu sou. (…) Em muitos aspectos, criar uma fragrância é como compor uma canção. É preciso uma combinação de inspiração e perseverança para alcançar o equilíbrio adequado.”, disse a colombiana, em fala reproduzida no site da Puig.

Esse equilíbrio se traduziu no lançamento de cinco linhas diferentes de fragrâncias: S by Shakira, Elixir, Rock, Dance e seu mais novo lançamento, Dream. Sucesso absoluto, a perfumaria de Shakira caiu no gosto dos fãs e se converteu em um fenômeno de vendas desde a estreia de S by Shakira, em 2010, até hoje. A companhia não divulga o número total de frascos vendidos dos perfumes de assinatura do selo Shakira Beauty, mas eles aparecem em destaque nos balanços financeiros anuais da companhia.

Perfume de Shakira em destaque no balanço patrimonial da Puig de 2016.

Os perfumes de Shakira são fabricados no centro de produção da companhia na Espanha. Eles são de responsabilidade da própria Shakira e do perfumista Gregorio Sola. A Puig descreve sua parceria com a colombiana como uma química perfeita.

“Quando a Puig entrou em contato com a Shakira com a ideia de desenvolver fragrâncias de assinatura, imediatamente surgiu a química. Em 2008, a artista lançou sua primeira fragrância, S by Shakira: um aroma luminoso, fresco e oriental com uma onda positiva que se transformou de longe em uma das fragrâncias preferidas de seus fãs”, escreveu a companhia em seu site.

Recentemente, a colombiana lançou uma versão de sua fragrância Dance, exclusiva para o Brasil. O Dance Magnetic é distribuído com exclusividade pela Jequiti.

 

DEIXE SEU COMENTÁRIO

LEIA TAMBÉM

SIGA O SHAKIRA BRASIL

199,882FãsCurtir
92,700SeguidoresSeguir
8,080SeguidoresSeguir

ÚLTIMAS NOTÍCIAS