Notícias
Colômbia, o celeiro dos novos artistas globais

Seguindo uma tendência mundial, o Brasil tem aberto as portas para o som produzido na Colômbia, com a ascensão de nomes como Shakira, Juanes, Maluma e J Balvin ao mainstream da música global

Águas quentes do oceano Atlântico, paisagens pitorescas, ilhas paradisíacas, cenários rústicos na costa do Pacífico, o sabor único do abacaxi, um dos melhores cafés do mundo, a figura controversa de Pablo Escobar, os reflexos de anos de conflito com a guerrilha armada, o legado de Gabriel García Marquez, a cumbia, o vallenato….a Colômbia é um país fascinante que tem atraído a atenção do mundo todo durante anos por suas belezas naturais e sua cultura vibrante. O Brasil tem visto nosso vizinho sul-americano como um dos destinos turísticos preferidos no exterior, após a queda da violência.  Só no ano passado, o país de García Marquez recebeu mais de 5 milhões de turistas estrangeiros e os viajantes brasileiros ocupam o 4º lugar no ranking de nacionalidades que mais visitam o país, de acordo com a PROCOLOMBIA (órgão oficial do turismo colombiano).

Mas existe uma outra Colômbia despontando para o Brasil hoje que vai muito além dos belos cartões postais de Bogotá, San Andrés e Cartagena das Índias: o país tem chamado a atenção dos brasileiros por seus artistas pop que têm dominado a cena musical da América Latina e começam a ganhar destaque para muito além do mundo hispânico.

Made in Colômbia: do pioneirismo de Shakira aos três filhos de Medellín
Se pudêssemos voltar no tempo, lá no início dos anos 90, é muito provável que jamais imaginaríamos o quão longe Shakira chegaria em sua carreira. A filha mais ilustre de Barranquilha desafiou todos os prognósticos e de cara conquistou o Brasil, mesmo com seu pop rock em espanhol, em um mercado com pouca abertura para produção internacional em um idioma diferente do inglês. Durante anos, Shakira foi a exceção e reinou absoluta como a única referência do pop latino para a grande massa dos brasileiros. Só por aqui, seu álbum internacional de estreia vendeu mais de 1 milhão de cópias, a cantora fez uma extensa e bem sucedida turnê pelo país em 1997, e na época era figura carimbada nos principais programas de TV e conquistou uma legião de fãs, que a seguem até hoje. Atualmente, Shakira figura entre os grandes nomes do mercado de música global e foi a primeira a colocar a Colômbia no mapa da indústria fonográfica do mundo. O pioneirismo da colombiana serviu para pavimentar o caminho para alguns de seus conterrâneos, que começam a chamar a atenção do mundo por suas músicas cativantes que tem dominado as plataformas digitais mundo a fora.

 

“Como esta mi gente? Mais il faut a bouger la tete. Y donde esta mi gente?” Quem nunca ouviu os versos pegajosos da alucinante “Mi Gente” de J Balvin? Ou quem nunca se acabou na pista de dança com “Sim ou Nao”, “Chantaje” e “Felices los 4” do Maluma? Ou ainda, quem nunca se emocionou com os versos de “Para tu amor” do Juanes? Esses três nomes de peso do cenário musical colombiano têm muita coisa em comum. Eles despontaram de Medellin para o Brasil e o mundo com uma mistura de ritmos colombianos com as suas respectivas vertentes musicais (reggaeton e rock) e seguem os passos de Shakira na empreitada de gravarem seus nomes no hall da fama da música global.

J Balvin é o nome colombiano do momento. O artista, nascido na popular Medellin, conseguiu a façanha de colocar uma música em espanhol no topo da lista Top50 Global do Spotify. Mi Gente tem tocado forte nas rádios do Brasil e o videoclipe da canção já conta com quase meio bilhão de views no Youtube, com apenas 1 mês de lançamento. Balvin já ganhou 2 grammy’s latinos e é o segundo artista com maior número de certificações de diamante latino nos EUA, atrás apenas de Romeo Santos. No mercado brasileiro o artista fez sucesso com Ginza, na versão em parceria com Anitta.  Com uma carreira meteórica em ascensão, J Balvin tem um futuro promissor e ainda vamos ouvir falar muito do rapaz por aqui, que recentemente esteve no país para divulgar seu single Mi Gente.

Quem também esteve em solo tupiniquim há pouco tempo foi Maluma. Também filho de Medellin, o cantor é um dos principais expoentes do gênero urbano na América Latina. O artista coleciona uma extensa lista de êxitos, como Felices los 4, Borro Cassete e El Perdedor, além de parcerias de sucesso, como Chantaje com Shakira, Sim ou Não com Anitta, Ven’te Pá Cá com Ricky Martin e Desde Esa Noche com Thalia. Em 2013, o jovem foi indicado ao Grammy Latino como Artista Revelação. Com apenas 23 anos de idade, seus números na redes sociais impressionam. Maluma possui 23 milhões de curtidas em sua pagina oficial do Facebook, 27,8 milhões de seguidores no Instagram e mais de 4 milhões de seguidores no Twitter. No Brasil, o astro causou furor com sua parceria com Anitta em Sim ou Não e recentemente fez um show solo na edição de Goiânia do Festival Villa Mix.

O primogênito dos três filhos de Medellin também não fica para trás. Com 45 anos de idade e uma longa trajetória musical, Juanes gravou seu nome na história da musica latina com uma mescla ousada de rock com ritmos típicos colombianos. Sucessos como Para tu Amor, Fotografia, Gotas de Água Dulce e És por Ti foram responsáveis por colocá-lo no jogo e garantir a Juanes popularidade em países da Europa e nos EUA. No Brasil, já foi tema de telenovelas da Rede Globo e fez shows em São Paulo e Florianópolis. O artista é dono de incríveis 21 Grammy’s Latino e 2 Grammy’s anglo, além de inúmeros outros prêmios relevantes ao redor do globo.

 

A cena musical da Colômbia ainda possui nomes de peso como Carlos Vives, Sebastian Yatra, Silvestre Dangond, Santiago Cruz e a banda Bomba Estéreo, que se apresenta este ano no palco Sunset do Rock in Rio. A migração da música colombiana para solo brasileiro é uma mostra de que estamos abrindo nossas portas para a produção cultural da América Latina Hispânica e que estamos dispostos a abraçar o gênero latino, assim como o resto do planeta. Afinal artistas como Shakira, Juanes, J Balvin e Maluma “makes a man wants to speak Spanish”.

 

 

Confira a entrevista em português de Shakira para a revista Harper’s Bazaar

A versão mexicana da revista Harper’s Bazaar trouxe na sua 150º capa, o brilho e beleza de Shakira! Os clicks são de Jaume de Laiguana, seu fiel colaborador, com coordenação de moda de Gerard Angulo e Giselle Garcia Polanco, maquiagem e penteado de Beatriz Matallana (que anteriormente trabalharam com a loira para a capa da revista Vanidades, relembre aqui) enquanto a responsável pela maravilhosa entrevista foi a jornalista Dulce Villaseñor. Nesse ensaio deslumbrante nossa musa apresenta-se em meio a combinação de algumas grifes como Yolan Cris (Miriñaque), Dolores Cortés (Culottes – calcinha), Dolce & Gabbana (Sutiã e Sapatos) e Pandora e Bulgari & Chopard (Anéis).

Confira com exclusividade a entrevista, completa e traduzida pela equipe do Shakira Brasil para vocês:

Shakira – No Topo do Mundo!

Seu mais recente álbum , El Dorado, quebrou recordes ao redor do mundo em meia hora, mas parece que o êxito não oprime Shakira, e sim, é um ingrediente a mais em sua vida, que promete seguir dando o que falar.

Se seu sonho fosse um país, seguramente seria um em que se escuta música o tempo inteiro, ritmos elegantes, mas também sedutores e divertidos, daqueles que te convidam a sacudir o corpo ao percorrer uma canção. E esse país teria como primeira lei amar muito. Acima de todas as coisas a família, o companheiro e os filhos. Querer a humanidade pelo simples fato de existir, respeitar a filantropia, com os seus contrastes e desafios que sempre nos regressa os pés na terra. Amar, por só, a vida. E justo nesse país, apelidado Mebarak, tivemos a oportunidade de entrar. Essa nação tem 40 anos e surgiu na Colômbia. Neste lugar se produz, se dança e se canta com todo o coração. Dá-se tudo no cenário e não há tempo para cansar, somente para lutar pelo que se quer, sem medo das críticas e sem paralisias emocionais, também sem crises criativas. Em Shakira, tudo continua em movimento, e é inegável que, sem se importar se é dia ou noite, a energia flui.

Com uma carreira que se iniciou em 1995, a jovem com seus 18 anos, desfrutava provocar o público com letras em suma, honestas, de coração partido, a dor da existência, assim como temas super delicados como o aborto. Esse pop marcou a história de milhões de pessoas ao redor do mundo… as mesmas que hoje se perguntam “Em que momento essa jovem morena, que pintava os olhos dramaticamente e se atrevia a falar de assuntos fortes em suas canções se tornou um símbolo sexual e uma estrela internacionalmente reconhecida e admirada por tantos?“. Não obstante de suas curvas renovadas e seu cabelo ruivo, Shak, como assina em suas redes sociais, mantém simplicidade em seu caráter e seus álbuns continuam com frescor e inovação que desde o princípio foram suas características, porém agora, tudo parece girar ao redor de sua felicidade, e sua paixão em existir. E o gosto também é nosso, pois no meio de tantas notícias ruins e tragédias, encontramos essa mulher infinitamente talentosa, sorrindo, convidando todos nós a sua festa, presumindo todo o amor de seu companheiro, o jogador de futebol Gerard Piqué, que desde 2011 acompanha seu caminho e é o pai de seus dois filhos, Milan e Sasha, a quem ela assegura, são seus grandes feitos. Na entrevista, Shakira nos conta como evoluiu:

O que você gosta de demonstrar quando se veste?

Simplesmente quero me sentir bem. Eu gosto de mudar de look de vez em quando, mas sem me sentir escrava da moda, o mais importante é transmitir segurança. Isso é o que te faz brilhar.

Seu corpo é invejável, porém se observam as curvas. Em algum momento você se obcecou com a magreza?

Bom, me dou conta agora que quando tinha 20 anos não me via tão bonita, era mais insegura. Agora… o que daria para voltar a esses tempos, quando manter meu corpo era muito mais fácil! Sem dúvidas, ainda que eu goste de me cuidar, nunca fui obcecada com a magreza, e concordo com meu pai quando ele diz “Não há coisa melhor que um pouco de carne sobre o osso“.

Agora, como é sua rotina com seu corpo?

Sou muito constante com os esportes, e consciente de que tenha que se manter um esforço para obter resultados, mas não me castigo, e para descansar preciso de um dia em um Spa. Todos precisamos não nos mover de vez em quando.

Quão diferente é a Shakira de El Dorado da Shakira de Piés Descalzos?

São a mesma Shakira. Em diferentes etapas de evolução. Sei que tem quem gosta e sente falta da música de Piés Descalzos, mas sim, minha música é sincera, e sempre vai refletir o momento em que estou. El Dorado tem muitas canções de amor e alegria, Pies Descalzos tem algo mais de angústia de adolescente. Ainda que tenha muito carinho por essas canções, eu gosto da paz que passa a Shakira de agora. Sinto falta da inocência do passado, e também da energia e resistência! (Risos). Já não posso chegar de um país ao outro após uma viagem de 12 horas, recém saída do avião e trabalhar no mesmo dia. Não sei como fazia isso!

Aos seus 40 anos, quais valores são indispensáveis?

A honestidade e lealdade.

Se considera exitosa?

Agora sim. Mas não somente pela minha carreira, a qual agradeço muito meus fãs por ela, mas também pela família que formei. Que meus filhos possam crescer e ser boas pessoas, fazer o bem para os outros, isso considero um êxito.

Você é cantora, compositora, filantropa, companheira, mãe, mulher, como equilibra tudo isso para não ficar maluca?

Ter filhos já significa que você não é a chefe. Antes eu que marcava meu ritmo de trabalhar, ou quando descansava e o que tinha que priorizar… o que não é o caso agora. Meus filhos que tem marcado meus horários (risos). Mas estou agradecida, pois me ajudaram a me centrar e trabalhar de forma mais eficaz. Quando estou em um projeto, estou 100% nele. E quando os encontro, o mesmo. Sou sortuda pois posso levá-los ao meu trabalho, além de ter um companheiro que me apoia e me ajuda a encontrar tempo quando preciso me dedicar a minha carreira. Mas não há duvidas de que as prioridades mudaram, e agora, são eles.

Te chamaria a atenção ser mãe de uma menina?

Eu gostaria, mas a vida vai dizer se é esse o nosso futuro. Estou muito feliz com a família que tenho. Ainda, ser a única menina é genial! Me tratam como uma rainha! (Risos).

Quais conselhos você dá ao seus filhos a respeito de como tratar uma mulher?

Eu creio que em seu pai eles já tem o maior exemplo de como fazer isso: com respeito, paciência, admiração e amor incondicional.

Em algum momento, como muitas mulheres, você caiu na armadilha da busca pela perfeição?

Não caí, sigo caindo. Nós mulheres vivemos com muita pressão, e cada passo que damos adiante, as tantas expectativas tentam deter nosso caminho. Agora podemos mostrar que somos tão valiosas quanto os homens no trabalho, mas entra em jogo a culpa de falar como mulher em outros âmbitos, como esposa e companheira. É uma corda muito frouxa a que caminhamos, mas também somos as únicas capazes de nos libertar dessas limitações. E eu tento recordar que a perfeição é subjetiva, e que eu sou minha pior crítica.

Como é sua relação com Pique? O que em sua forma de ser a completa?

Ele é muito sensato, e eu, um pouco dramática. Ele me tranquiliza e me mostra a perspectiva. Nós dois somos um pouco gritões, mas em bom humor. Nos dedicamos a nossa relação da mesma forma como focamos em nossos filhos, também buscamos tempo para estar a sós, porque é importante que transmitamos a nossos filhos o entorno familiar com amor e não stress e indiferença, sempre amor.

Se tivesse um dia inteiro para si, sem filhos, companheiro ou trabalho? o que faria?

Uma cama, livros e um cobertor. Perfeição.

Agora, com os anos, crê que a felicidade tem limite?

Acredito que sou cada vez mais feliz, e espero não descobrir nunca se isso tem um limite!

A revista, que tem como seu foco principal a Moda, trouxe para nós algumas curiosidades sobre os itens básicos do estilo da diva, confira:

Ultimamente não me canso de escutar Coldplay, e também tenho escutado muito os The Chainsmokers.

Em minha bolsa, é imprescindível meu telefone.

No verão, gosto muito de colocar vestidos largos de algodão, são muito confortáveis e muito femininos.

Cavalli, Alaïa, Versace, Gucci, Julien Macdonald, Alexander Wang e Chanel são algumas de minhas grifes favoritas.

Para sair de casa, quase sempre levo batons e rímel, pois penso que não faz falta muita maquiagem durante o dia.

Devo confessar que gosto dos filmes de comédia romântica. O idal é desconectar-me do mundo.

De bases, eu gosto da Tarle, que é uma maquiagem orgânica. A descobri quando estava grávida.

No momento estou lendo mais livros infantis que qualquer coisa. Entre preparar uma turnê e ser mãe, me faltam horas no dia para ler!

Ainda, foi evidenciado o mais recente perfume de Shakira, Dance:

Por trás do curvilíneo e transparente frasco que imita uma silhueta feminina em movimento, se encontram três conceitos que inspiram essa composição aromática, por um lado, a expressão refrescante do cítrico aonde a pêra, tangerina e toranja, ainda, a intensidade floral das peônias e flores de laranja que concentradas no coração do perfume, ressaltam a feminilidade e o poder da sedução. Por último, a baunilha como uma nota de fundo se fundem com uma nota de caramelo para invocar a versatilidade do movimento. Dessa maneira a cantora cria, por meio desse aroma, um idioma tão universal quanto a linguagem corporal, e que logo, terá uma nova versão: Dance Diamonds.

Clique aqui e confira todas as fotos deste belissimos ensaio fotografico dm nossa galeria!

“La Bicicleta” atinge a incrível marca de 1 bilhão de visualizações no YouTube

Publicado há pouco mais de 1 ano, em 8 de julho de 2016, o vídeo de “La Bicicleta“, em parceria com o conterrâneo Carlos Vives acaba de  é atingir a marca 1 bilhão de visualizações no YouTube. Algo que é exclusivo de poucos artistas e uma grandes conquistas para os dois artistas latinos.
O vídeo, filmado em Barranquilla, cidade natal de Shakira, contém cenas gravadas em lugares como o colégio La Enseñanza, onde estudou a mãe dos pequenos Milan e Sasha.

Como o vídeo foi publicado pelo canal do Carlos Vives, ele se torna o clipe mais visto de sua carreira.

Já Shakira em seu canal, conta com “Chantaje” como seu clipe mais assistido que já ultrapassa 1,6 bilhões de visualizações.

Ambos os hits se encontram no recém lançado álbum El Dorado que você pode comprar através lojas: iTunesGoogle PlaySaraiva.

Grammy Latino: as possíveis indicações de Shakira

O Shakira Brasil entra em contagem regressiva para a maior festa da música latina. Faltam menos de três meses para a 18ª entrega anual dos Latin Grammy Awards. Este ano a cerimonia acontece no dia 16 de novembro na MGM Garden Arena, em Las Vegas. A Academia Latina de Gravação, responsável pelo Grammy, premia o melhor da música, sendo elegíveis os trabalhos fonográficos publicados de 1º de julho de 2016 a 31 de maio de 2017. A lista com os indicados aos prêmios só vai ser publicada no dia 20 de setembro, mas Shakira tem grandes chances de receber algumas nomeações com seu mais recente trabalho discográfico, El Dorado. Nossa equipe mais uma vez sai na frente e adianta para você as categorias em que Shakira tem condições de receber indicações e, ainda vamos além, com nossas principais apostas para a colombiana no Latin Grammy 2017.

Entre as categorias principais é muito provável que Shakira receba mais de uma indicação. Este ano, a artista deve concorrer a álbum do ano com El Dorado. Na categoria gravação do ano existe a possibilidade dela ser indicada com um ou mais de um dos seus recentes singles: Chantaje, Deja Vu e Me Enamoré. Existe uma grande expectativa que as duas primeiras recebam a indicação, mas acreditamos que apenas Chantaje esteja entre as finalistas ao premio de Gravação do Ano. Já na categoria Canção do Ano, cujo prêmio vai para os compositores, nossa aposta também vai para a parceria com Maluma, em Chantaje. Se as indicações forem confirmadas em setembro, as chances de Shakira receber o prêmio mais esperado, o de álbum do ano, são bem altas. Já os singles vão ter de enfrentar a popularidade de Despacito. Difícil acreditar que os membros da academia vão ignorar a importância do hit para o mercado latino de música gravada, o que diminui as chances de Chantaje repetir o feito de La Bicicleta, que levou os dois gramofones ano passado.

 

El Dorado ainda deve receber mais uma indicação nas categorias por gênero. O álbum deve estar entre os finalistas para Melhor Álbum Pop Vocal Contemporâneo, já que os temas de música urbano representam menos que 51% do álbum o desqualificando para a categoria Melhor Álbum de Música Urbana. O disco também pode entrar nas disputas por Melhor Álbum Cantor Compositor, uma vez que Shakira aparece em mais de 51% das faixas de El Dorado creditada como compositora, e nas categoria Melhor Projeto Gráfico (para o encarte) e Melhor Engenharia de Gravação. (Fijacion Oral Vol. 1 foi premiado nesta categoria em 2006).

Já os singles também têm grandes chances de receberem indicações nas categorias por gênero. Me Enamoré e Chantaje podem aparecer nas disputas por Melhor Canção Urbana (prêmio ao compositor) e Melhor Fusão/Interpretação Urbana. Chantaje também pode aparecer entre os indicados a Melhor Vídeo Musical Versão Curta, pelo excelente desempenho do videoclipe no Youtube. Deja Vu pode aparecer na disputa pelo gramofone de Melhor Canção Tropical.

A lista de indicados para o Grammy norte-americano sai em dezembro e nossa aposta é que Shakira também seja indicada na categoria Melhor Álbum Latino de Rock, Urbano ou Alternativo, mesmo categoria que rendeu o 2º Grammy à Shakira com Fijacion Oral Vol. 1.

 

Depois de cancelar sua apresentação na cerimônia de entrega do Grammy Latino de 2016, as expectativas são grandes para uma performance da colombiana no palco do MGM Arena. Mas ao que tudo indica não vai ser dessa vez que Shakira vai se apresentar novamente na premiação. A estrela tem um show agendado da turnê El Dorado no mesmo dia do evento, em Montpellier, na França, com ingressos esgotados. As chances de algumas dessas indicações serem confirmadas em setembro são extremamente altas e nós do Shakira Brasil já estamos na torcida para que nossa estrela colombiana não só lidere o número de nomeações, mas que também consiga um ajuste de agenda e compareça à noite de gala da música latina.

Shakira emplaca 2 hits entre as melhores músicas latinas de verão dos EUA

Os anos se passam e o sucesso de Shakira permanece ATEMPORAL. O site da famosa revista norte-americana Billboard postou (mais…)

Shakira se encanta com movimentos de dança do ventre de fã italiano

Giulio Dilemmi, este é o nome do fã italiano que deixou muita gente babando com seus movimentos de dança do ventre. O rapaz que é bailarino conseguiu atrair os olhares de muita gente nas redes sociais com seu vídeo e chegou até o conhecimento de Shakira.

A cantora gostou tanto da interpretação do rapaz para “Ojos Así” que compartilhou o vídeo para seus milhões fãs. Confira como Giulio executa com perfeição os movimentos de Shakira presentes no DVD Live From Paris.

Alguém está se preparando para dançar junto na minha El Dorado World Tour.

Someone is getting ready to dance along on my El Dorado World Tour!! Shak #Repost @giuliodilemmi ・・・ Dancing on @shakira #drumsolo Well, sometimes people said to me: ”You do belly dance? So you can dance like Shakira, right!?” Then I said ”Why not? Maybe I can try…” Here is a little video of me dancing the #Shakira #drumsolo

Uma publicação compartilhada por Shakira (@shakira) em