Opinião: Grammy, a melhor vitrine para o retorno de Shakira às grandes premiações

Já são mais de cinco anos desde a última performance de Shakira em uma cerimônia de premiação transmitida pela TV. Era o dia 18 de maio de 2014, quando a colombiana subiu ao palco montado no Staples Center, em Los Angeles, para cantar “Empire”, o segundo single vibrante do seu álbum homônimo, lançado naquele ano. À apresentação contundente seguiu-se um hiato que dura até hoje. São 2028 dias de um jejum que não é comum para uma estrela do pop no mainstream.

Mas engana-se quem pensa que Shakira sumiu nesse longo intervalo. Ela manteve sua carreira em acensão, mesmo dispensando atos efusivos em programas de TV ou noites glamourosas em premiações internacionais. A colombiana lançou singles de sucesso, rodou o mundo com uma turnê que arrebatou cerca de 1 milhão de pessoas e viu suas músicas novas alcançar números estratosféricos nas plataformas de streaming. No entanto, ela passou uma era inteira sem cantar nos grandes prêmios. Sua única atuação televisa foi um ato morno na final do The Voice França em 2017 e, mais recentemente, um show épico na final da Copa Davis, em Madrid.

Mas Shakira pode colocar um ponto final nesse jejum e com grande estilo. O Grammy Awards pode ser a ocasião perfeita para a colombiana se reinserir no mapa das grandes premiações internacionais. A próxima cerimônia de entrega dos prêmios está marcada para o dia 26 de janeiro, uma semana antes do aguardado show de intervalo do Super Bowl, em que a estrela dividirá o protagonismo com Jennifer Lopez. Dado o contexto, nos parece muito real e tangível que a maior sensação latina de todos os tempos esteja na cerimônia de algum modo, seja convidada para entregar algum prêmio, seja para performar, caso lance algum material inédito neste período.

Para que isso de fato aconteça é necessário que algumas engrenagens se movam. Por exemplo, a Academia de Gravação precisa demonstrar interesse em tê-la no palco. Desde o anúncio de Shakira como co-headliner do Super Bowl 2020, o Grammy tem dedicado inúmeras postagens à colombiana em seu site e mídias sociais, com uma regularidade e frequência sem precedentes. Isso parece ser um sinal verde para que os produtores do evento façam o convite à barranquillera. Tambem é preciso que a gravadora dê um passo nessa direção, o que é muito provável que o faça, uma vez que o Grammy é um evento que agrega credibilidade e visibilidade aos artistas de um selo. E por fim, Shakira precisa estar disponível e aberta a participar.

Dois grandes eventos em finais de semana consecutivos seriam uma forma explosiva da colombiana começar a nova década e sua nova era musical. Se a estrela latina quiser conquistar o mundo mais uma vez, o Grammy é o ponta pé inicial perfeito para ela fazê-lo E pelo andar da carruagem, todos os caminhos a levam ao Grammy.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

LEIA TAMBÉM

SIGA O SHAKIRA BRASIL

199,527FãsCurtir
135,000SeguidoresSeguir
164SeguidoresSeguir
63,200SeguidoresSeguir
11,255SeguidoresSeguir
1,350InscritosSe Inscrever

INSTAGRAM FEED

ÚLTIMAS NOTÍCIAS